terça-feira, 2 de dezembro de 2008

Os cuidados médicos: A excelência do serviço ao cliente.

Hoje tive que ir ao médico.
Para quem me conhece, sabe que sou um pouco (a tender para o bastante) hipocondríaco... parece-me um problema hereditário, este do hipocondríaco... E vem do lado da família materna ;-)

Além disso, e como não sou médico, tive a brilhante ideia de fazer um auto-diagnóstico consultando vários sites na Internet. Ideia brilhante... foi um instante até entrar em parafuso, e já a sentir todos os sintomas possíveis e imaginários.
Assim sendo, e para acalmar, resolvi ir a um médico no Japão para me diagnosticar uma pequena inflamação... tão pequena, que nem necessita de remédios... mas eu já me sentia a morrer!

Bem, a experiência, foi mais uma vez digna de registo:
1) Depois de consultar os recursos humanos da minha empresa, sobre clínicas/hospitais onde os expatriados habitualmente vão, lá me foi indicada uma clínica Internacional, a "Tokyo Medical and Surgical Clinic" ao pé da Torre de Tóquio (que é muito parecida com a Torre Eiffel, mas tem mais 13 metros de altura... para irritar os Franceses!)
2) Telefono às 11:34. Atende-me uma telefonista logo em Inglês... pensei logo: "Eh pá! Em Inglês?!? Isto está a começar a correr bem!"
3) Transcrevo a conversa para marcação:
Nuno: Bom dia. Quero marcar uma consulta de Medicina Interna o mais rapidamente possível. É a primeira vez que vou à clínica para uma consulta.
Telefonista: Está bem. A que horas pode hoje?
Nuno: Hoje?!?
Telefonista: Sim, hoje. Temos vaga às 12:20, às 12:40 e depois só após o almoço, às 14:20.
Nuno gaguejou: Mas, mas... são 11:30. Então deixe-me ver... Às 12:40, pode ser?
Telefonista: Sim. Então terá consulta às 12:40. Será atendido pelo Doutor Fujii. A consulta custará 10.000JPY excluindo quaisquer exames ou medicamentos. Terá que estar cá 10 minutos antes, para preencher os papeis por ser a primeira vez. Qual o seu primeiro e último nome bem como telefone de contacto?
Nuno pensou: Bolas! Isto é informação a mais... nunca vi uma coisa assim...
Nuno soletrou bem devagarinho: "O-L-I-V-E-I-R-A, N-U-N-O"... 090 6566 xxx.
Nuno disse: Obrigado. Confirmado. Estarei aí a horas.

Bem, lá fui... apanhei um táxi para chegar a tempo... "Tokyo Tower madé" foi facilmente percebido pelo taxista... ufa!
Cheguei às 12:20, preenchi os papeis, fui atendido às 12:40 pelo Doutor Fujii... já o tinha visto pela Internet, velhinho Japonês:

Pensei: Estou feito... um velhinho Japonês... Deve ter uns 100 anos e não deve falar "pevas" em Inglês. A comunicação vai ser difícil... e será que estará actualizado para me tratar estas minhas doenças gravíssimas?!?
Bem, o homem falava um Inglês perfeito... bem melhor do que o meu, que se tem vindo a deteriorar a olhos vistos no Japão. Lá me diagnosticou, mandou-me embora e aconselhou-me não fazer pesquisas na Internet!
Às 12:55 já estava de lá para fora, com tudo pago... e pago com VISA!
Bem empregues foram estes 7.350JPY (cerca de 55 Euros)!

Faz-me lembrar as consultas, em médicos, clínicas e hospitais PRIVADOS, em Portugal... onde esperamos várias horas pelo Excelentíssimo Senhor Doutor... que muitas vezes vem atrasado pois teve uma longa "patuscada" ou "imprevisto de última hora" (sempre diários?!?)... o único que não falha é o meu dentista! Será que o Dr. Mário Canadas tem ascendência Japonesa?!? Vou-lhe perguntar...

4 comentários:

ibr disse...

Não sei porque te espantas!!!...as nossas clínicas são tal e qual!!!
Não há palavras para classificar o que contas, só me lembro destas:
admirável,fantástico,fantastique,
merveilleux,wonderful,remarkable,
ammirabile,maraviglioso,
bewundernswert,Wunderbar........!!

Auf Wiedersehen,Good Bye (José Cid)

Paulo Eduardo disse...

Que eficiencia do caraças!!!
Faz-me lembrar as marcações para o oftalmologista que me operou os olhos... clinica privada com atrazos em todas as consultas de 3 a 5 horas... então a que supostamente tinha às 10.00 da noite e fui atendido às 3 da manhã, marcou-me particularmente...
Já te queria ter perguntado à tempos a questão dos serviços médicos aí no Japão... acho que já está respondida.
Abraço Nuno-san,
Paulo

Ana Amelia disse...

Olá, hoje mesmo entrei numa lojinha japonesa, com várias comidinhas, e fiquei pensando para nós ocidentais como seria viver com tanta coisa diferente. Sou de São Paulo, e achei seu blog bem por acaso. Li vários posts e achei as situações muito engraçadas, aquelas pessoas dormindo no metrô... Viver Japão deve ser uma experiência e tanto... voltarei aqui para ler mais suas aventuras. Abraço!

Pratas disse...

Muito bom :) Espero que já estejas melhor.

Essa da torre ter sido construída para gozar com os franceses foi linda :) como eu compreendo :D